• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15

Sobre a Engemolde
História
Visão, Missão e Valores
Diferencial


Compartilhar



 

A Empresa \ História

                      
1980 – 1985
A Engemolde foi fundada em 1980 e instalou a sua fábrica, localizada a 45 km da Cidade do Rio de Janeiro, no Município de Maricá.

Em 1985, fecha a sua primeira obra de grande porte, fornecendo produtos para 312 dos 500 CIEPs (Centros Integrados de Educação Pública) construídos, entrando então no mercado das grandes obras e de algumas das principais empresas de construção civil do Brasil.

1986 – 1990
Em 1989, com a experiência adquirida ao longo dos anos, diversifica seus produtos e inicia a produção de pré-fabricados especiais, fornecendo peças para a obra do Rio Othon Palace Hotel em Copacabana-RJ, em concreto de alto desempenho, com adição de sílica ativa, fibras, aditivos de última geração e cura por imersão, um avanço tecnológico na década de 80.

1991 – 1995
Em 1991, entra no mercado de obras de drenagem fabricando canais e galerias, produtos que ganham destaque em sua linha de produção e passam a ser o “carro-chefe” da empresa. Com a especialização nessas peças pré-fabricadas, em 1994, a Engemolde participa de várias obras entre elas, a construção da Linha Amarela, importante linha expressa da cidade do Rio de Janeiro. Neste período participa também da ampliação do Autódromo Nelson Piquet-RJ, produzindo arquibancadas e “crash wall” (muros de proteção na pista).

1996 – 2000
A partir de 1996, amplia sua linha, produzindo mobiliário urbano para o projeto Rio-Cidade, no município do Rio de Janeiro, e, ao longo dos anos seguintes, deixa sua marca em mais de dez bairros da Cidade Maravilhosa.

Nesse mesmo período, participa de grandes obras de infraestrutura como a macrodrenagem do Jardim Catarina, a segunda fase da Linha Amarela e a construção da Via Lagos.

No ano de 2000 a empresa participa do Qualipav-Rio – Programa Municipal da Qualidade em Obras de Pavimentação, Obras de Arte e Obras de Drenagem Urbana.

2001 – 2005
A partir de 2003, participa da Feira Construir (Feira Internacional da Construção), o que fortaleceu ainda mais sua presença no setor da construção civil.

Em 2004, entra em um novo mercado - estruturas pré-fabricadas - e inicia o fornecimento para uma grande obra industrial, no segmento de óleo e gás, na ampliação e modernização da Reduc, Refinaria da Petrobrás.

Em 2005, mais um grande passo - construção habitacional - um novo desafio para essa empresa que não tem medo de mudança. Então, além de produzir as peças pré-fabricadas, passa a montá-las, entregando o “produto final” aos seus clientes.

2006 – 2010
Em 2007, com o aumento da demanda, a Engemolde fundou a CR Castilho Construtora Ltda, uma empresa responsável pela montagem de seus produtos e demais serviços de engenharia.

Fortalece a presença no mercado de óleo e gás com as obras dos Terminais Aquaviários da Ilha Comprida (TAIC) e da Ilha Redonda (TAIR), onde projetou, produziu e montou diversas estruturas pré-fabricadas como: cais, rampa, pipe-racks, galpões industriais e demais itens para essa grande obra da Petrobrás.

Nos anos de 2007 e 2008, participa da Construção de uma grande Siderúrgica, a ThyssenKrupp CSA – Companhia Siderúrgica do Atlântico.

Durante o ano de 2010, fornece galerias celulares (aduelas) para a drenagem do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro) que era, na época, a maior obra industrial em execução no Brasil.

Participou das obras de construção da Vila Olímpica do III COMAR, para o V Jogos Mundiais Militares, fabricando e montando estrutura pré-fabricada para 12 (doze) prédios residenciais, no final de 2010.

Em 2010 a Engemolde é credenciada no PSQ-L (Programa setorial de qualidade de lajes pré-fabricadas) da ABILAJE / PBQP-H.

2011 – 2015
Em 2011, é contratada para a produção e execução das obras da Transoeste, corredor expresso de 32 km que liga os bairros da Barra da Tijuca a Santa Cruz, na zona oeste, importante projeto de preparação viária do Rio de Janeiro para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Nos lotes 01, 02 e 03 a Engemolde executou seis viadutos com vãos de 38,00 m e duas pontes com vãos de 35,00 e 36,00 m.

Nos anos seguintes a Engemolde continua participando de grandes obras industriais. Entre 2011 e 2013 forneceu estruturas pré-fabricadas para o Estaleiro e Base Naval onde será construído o primeiro submarino Nuclear Brasileiro (UFEM – Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas do Projeto PROSUB (Marinha do Brasil / Odebrecht).

Entre 2011 e 2013, participa de inúmeras obras no Comperj, fornecendo estruturas pré-fabricadas para subestações, pipe-racks, estação de tratamento de água, estação de tratamento de efluentes industriais, unidade termoelétrica, pontes e pontilhões das vias internas e ainda galerias (aduelas) para a macrodrenagem das estradas de acesso.

Em 2014, a Engemolde obtém o selo de Excelência ABCIC, que é o certificado do programa de qualidade da Associação Brasileira de Construção Industrializada de Concreto.

No início do mesmo ano, foi escolhida e indicada pela Odebrecht (maior empresa de Construção Civil da América Latina) para participar de um programa de aceleração de negócios em parceria com a Endeavor (uma das maiores organizações de apoio a empreendedores do mundo) para um seleto grupo de empresas.

Na sequência, participa de obras de melhorias da rede ferroviária do Rio de Janeiro, operada pela Supervia, fornecendo produtos e serviços para as plataformas das estações e construção de Viaduto e Passarelas sobre a linha férrea.

No final de 2014 e durante o ano de 2015, partcipou de uma obra emblemática:

- Estacionamento do RioGaleão - Aeroporto Internacional Tom Jobim: Fabricação e fornecimento de 44.400 m2 de lajes tipo BubbleDeck, para o Consórcio Construtor Galeão. Trata-se de um sistema inovador, com patente dinamarquesa e utilizado há muitos anos na Europa, para execução de lajes planas. Cada um dos quatro pavimentos executados tem aproximadamente 11.000 m2 de lajes, apoiadas diretamente sobre os pilares, sem absolutamente nenhuma viga. Em todo o perímetro da obra, nos quatro pavimentos, a Engemolde forneceu barreiras de proteção, tipo New Jersey, com abas na extremidade fazendo o papel de viga de bordo, garantindo a beleza arquitetônica da obra.

Ainda em 2015, a empresa conclui o prédio da substação de Furnas, SF-145 KV, construído totalmente com estrutura pré-fabricada, no bairro do Grajaú-RJ. É contratada pelo Consórcio Transolímpica para produção de 5.800 m de canais e canaletas de drenagem, utilizadas ao longo dessa importante via, que ligará os complexos esportivos da Barra da Tijuca e outros próximos à Av. Brasil, durante a Olimpíada de 2016.

2016 – 2020

Em março de 2016, obtém a certificação do nível 2 do selo de Excelência ABCIC, do programa de qualidade da Associação Brasileira de Construção Industrializada de Concreto, para Elementos de fundação, Estrutura de concreto armado, Estrutura de concreto protendido e Painéis arquitetônicos.

Atualmente, a Engemolde ocupa uma grande área no mesmo local de sua fundação, com alta tecnologia e profissionais qualificados para atender a qualquer necessidade em produtos pré-fabricados. Grandes obras fazem parte do seu portfólio e, nos últimos anos, as obras nas áreas de infraestrutura, óleo e gás, construções industriais e habitacionais se tornaram seu foco principal.

 


Rodovia Amaral Peixoto (RJ 106), Km 20 - São José de Imbassaí - Maricá - RJ
Tel: (21) 2636-6666 / Fax: (21) 2636-9103

FW2